Este site utiliza Javascript. Se você está vendo esta mensagem, é provável que a opção JavaScript no seu navegador esteja desativada. Para uma melhor visualização deste site, certifique-se de que o Javascript está habilitado para o seu browser.
Atendimento e credenciamento
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) regulamentou o credenciamento de profissionais de imprensa para cobertura das atividades do Tribunal. A norma visa melhorar as condições de trabalho e facilitar o acesso de jornalistas às dependências do STJ, contribuindo para a promoção da transparência.

As credenciais serão emitidas em quatro modalidades: especial, concedida pelo diretor-geral em condições específicas; ordinária, com validade de 12 meses; temporária, para eventos específicos; e provisória, para profissionais não credenciados previamente, com validade exclusiva para o dia de emissão. Algumas atividades podem ter cobertura restrita a profissionais credenciados.

Para requerer a credencial, é preciso que o jornalista interessado ou sua empresa preencha o formulário eletrônico de pré-credenciamento e encaminhe os documentos exigidos. Após análise e concessão da credencial, ela deve ser retirada no próprio STJ.

Se preferir, a empresa ou profissional pode encaminhar os dados exigidos por e-mail para imprensa@stj.jus.br ou enviar o formulário impresso para Secretaria de Comunicação Social/Superior Tribunal de Justiça, no endereço SAFS - Quadra 06 - Lote 01 - Trecho III - CEP 70095-900 - Brasília/DF. Não há limite para o número de profissionais credenciados por empresa ou veículo.

O profissional credenciado terá acesso às áreas reservadas à imprensa, às dependências autorizadas pelo STJ e aos serviços específicos de imprensa, além de prioridade no uso de instalações do Comitê de Imprensa. No comitê, os profissionais podem assistir às sessões de julgamento remotamente e dispõem de equipamentos para desempenho de suas atividades.

A íntegra da norma está disponível na Biblioteca Digital do STJ.