Este site utiliza Javascript. Se você está vendo esta mensagem, é provável que a opção JavaScript no seu navegador esteja desativada. Para uma melhor visualização deste site, certifique-se de que o Javascript está habilitado para o seu browser.
Você está em: Início  >  Comunicação  >  Notícias  >  Notícias
Notícias
JURISPRUDÊNCIA
11/04/2019 09:21

Edições antigas das Revistas do STJ, de Súmulas e do TFR são lançadas em formato digital

As informações disponíveis no site do Superior Tribunal de Justiça (STJ) estão ainda mais completas. As edições antigas da Revista do STJ, da Revista de Súmulas e da Revista do Tribunal Federal de Recursos (TFR) – que eram publicadas somente em meio impresso – foram digitalizadas e podem ser consultadas no portal do tribunal na internet.

Resultado de uma parceria entre o Gabinete do Ministro Diretor da Revista e a Biblioteca Ministro Oscar Saraiva, o projeto de digitalização permite que todas as edições possam ser acessadas no portal. No caso da Revista do STJ, a primeira edição impressa foi publicada em setembro de 1989, quando o cargo de ministro diretor da Revista era ocupado por Paulo Costa Leite.

Segundo Fernanda Teotonia Vale Carvalho, chefe de gabinete do diretor da Revista, a Revista do STJ surgiu como uma publicação mensal que visava substituir as revistas de jurisprudência que existiam no extinto TFR. A partir de 2006, as edições da Revista do STJ – agora publicações trimestrais­ ­­– passaram a ser apresentadas nas versões eletrônica e impressa. “Pelo caráter histórico e por ser precursora da atual Revista do STJ, a Revista do TFR também foi digitalizada”, explicou.

O projeto de digitalização foi uma iniciativa do atual diretor da Revista, ministro Mauro Campbell Marques. O gabinete desenvolveu um trabalho de desmembramento das obras, gerando cerca de 4 mil arquivos, que estão disponibilizados na internet e na intranet do tribunal para facilitar o trabalho de pesquisa do usuário final.

“De acordo com o entendimento do ministro, o meio virtual representa a melhor forma para difundir o conhecimento. E como algumas edições já estão no portal, o ideal é que todas estejam disponibilizadas de forma completa. Além disso, já existe um projeto de suspender a edição de obras impressas para cumprir as determinações socioambientais”, esclareceu a chefe de gabinete.

Trabalho em equipe

A Biblioteca Ministro Oscar Saraiva ficou responsável pela digitalização das revistas. No total, foram formatadas para o meio eletrônico 202 edições da Revista do STJ, quatro da Revista de Súmulas e 166 da Revista do Tribunal Federal de Recursos, totalizando 175.094 páginas digitalizadas.

Segundo a coordenadora da biblioteca, Rosa Carvalho, grande parte do trabalho foi realizada pela Seção de Reprografia e Encadernação. “A equipe foi maravilhosa e cumpriu todos os prazos. Não basta digitalizar. É preciso disponibilizar as imagens por meio do OCR (Reconhecimento Ótico de Caracteres) e fazer as revisões página por página – o que foi realizado por mais de um setor”, disse a coordenadora.

Graças ao uso do software OCR, é possível selecionar partes dos textos das revistas. O chefe da Seção de Doutrina Digital, Allan Rafael, afirmou que a digitalização buscou ser fiel à apresentação das revistas impressas: “Mesmo as páginas em branco foram mantidas, para não alterar o formato original”.

Clique para acessar as edições:

Revista do STJ

Revista de Súmulas

Revista do Tribunal Federal de Recursos
Atendimento à imprensa: (61) 3319-8598 | imprensa@stj.jus.br
Informações processuais: (61) 3319-8410