Este site utiliza Javascript. Se você está vendo esta mensagem, é provável que a opção JavaScript no seu navegador esteja desativada. Para uma melhor visualização deste site, certifique-se de que o Javascript está habilitado para o seu browser.
Você está em: Início  >  Comunicação  >  Notícias  >  Notícias
Notícias
EDUCAÇÃO E CIDADANIA
04/02/2019 18:36

Estudantes de direito iniciam visita técnica de uma semana ao tribunal

Quarenta estudantes de direito de vários estados do Brasil participaram nesta segunda-feira (4) da abertura da 15ª edição do programa Visitação Técnica – Conhecendo o STJ.  Durante uma semana, eles vão cumprir uma série de atividades que lhes proporcionarão conhecimentos sobre o funcionamento do Superior Tribunal de Justiça e seu papel no sistema judiciário brasileiro.


Os participantes da 15ª visitação técnica em frente ao prédio do STJ.

Segundo a chefe da Seção de Aprimoramento de Competências Gerenciais do STJ, Jeanne Silva Nogueira, o evento é uma oportunidade especial para os estudantes, especialmente os de outras unidades da federação, que podem ver de perto a rotina do Tribunal da Cidadania, seus serviços administrativos e as seções de julgamento, e até mesmo conversar com alguns de seus ministros.

O programa de visitação técnica é realizado uma vez por ano, em fevereiro. O tribunal disponibiliza 40 vagas para estudantes que estejam cursando a partir do 5º semestre de direito. A novidade desta edição é o fornecimento de alojamento, na Escola Nacional de Administração Pública (Enap). O STJ também oferece transporte, em horários definidos, de ida e volta entre o alojamento e o tribunal.

Experiência para a vida

A diretora da Escola Corporativa do STJ, Waldelice Poncioni, deu as boas-vindas aos participantes da 15ª edição. Segundo ela, a visita vem sendo organizada desde outubro, com muita expectativa. “Esperamos que seja uma oportunidade que vocês levem como experiência para a vida profissional”, afirmou aos alunos.

A estudante Cerise Liberato Alves, de Alagoas, que concluiu o curso de direito no segundo semestre de 2018, classificou a participação no programa como uma “aprendizagem profícua”, que complementa a teoria recebida em sala de aula. “Eu gosto muito de um psicólogo chamado David Ausubel, que fala que a aprendizagem significativa só é dada quando você associa o novo àquilo que já existe, e é isso que senti no STJ.”

No primeiro dia do programa, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer a Secretaria Judiciária do tribunal.

Visite a página institucional do programa.

Atendimento à imprensa: (61) 3319-8598 | imprensa@stj.jus.br
Informações processuais: (61) 3319-8410