Este site utiliza Javascript. Se você está vendo esta mensagem, é provável que a opção JavaScript no seu navegador esteja desativada. Para uma melhor visualização deste site, certifique-se de que o Javascript está habilitado para o seu browser.
Você está em: Início  >  Comunicação  >  Notícias  >  Notícias
Notícias
MÍDIAS
2017-12-07 18:16:00.0 2017-12-07 18:16:00.0

Migração econômica e refugiados são temas do programa STJ Cidadão

A migração econômica é o deslocamento de pessoas para áreas onde o sistema produtivo pode proporcionar melhores oportunidades e perspectivas de vida. Ela criou um novo tipo de refúgio com direito a visto temporário no Brasil. O programa STJ Cidadão que vai ao ar às 21h desta quinta-feira (7) na TV Justiça conta a história de uma venezuelana que saiu do país de origem justamente para fugir da crise econômica e política.

Para ajudar refugiados de países vizinhos, como a Venezuela, o Conselho Nacional de Imigração divulgou a Resolução 126/2017, que permite a concessão de residência temporária a migrantes que entrem no Brasil por via terrestre e sejam naturais de países que fazem fronteira com o país.

Além da migração econômica, o STJ Cidadão traz a história de refugiados que vieram ao Brasil atrás de uma vida mais segura. Eles contam como foi a adaptação com a língua e a cultura, a busca por trabalho, o preconceito e a saudade de casa.

O programa também fala da Lei da Migração (13.445/2017), que amplia a proteção dos migrantes econômicos e dos solicitantes de refúgio por questões de instabilidade institucional, calamidades e desastres ambientais.

O ministro do STJ Paulo de Tarso Sanseverino comenta essa ampliação na legislação brasileira e fala dos casos que chegaram à corte sobre expulsão de refugiados.

O STJ Cidadão – Refugiados II estará disponível sexta-feira no canal do STJ no YouTube.

 

Atendimento à imprensa: (61) 3319-8598 | imprensa@stj.jus.br
Informações processuais: (61) 3319-8410