Este site utiliza Javascript. Se você está vendo esta mensagem, é provável que a opção JavaScript no seu navegador esteja desativada. Para uma melhor visualização deste site, certifique-se de que o Javascript está habilitado para o seu browser.
Você está em: Início  >  Comunicação  >  Notícias  >  Notícias
Notícias
PUBLICAÇÕES
2018-05-16 21:11:00.0 2018-05-16 21:11:00.0

Ministro Og Fernandes lança livro com pensamentos reunidos durante a carreira

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Og Fernandes lançou na noite desta quarta-feira (16) o livro Cabeça de Juiz, que reúne frases publicadas em sua conta do Twitter e marca seus dez anos de atuação na corte.

O lançamento ocorreu no Espaço Cultural STJ. “Antes de magistrados, os responsáveis por conduzir o Poder Judiciário brasileiro são, acima de tudo, humanos. E o ministro Og destaca com maestria tal questão”, comentou o vice-presidente do tribunal, ministro Humberto Martins.

Além do vice, a ministra presidente, Laurita Vaz, também esteve presente ao coquetel de lançamento do livro.

Mais perto da população

A obra conta com cerca de 165 pensamentos, transmitidos em frases curtas, elaborados pelo ministro durante toda sua carreira. “Busco trazer a vivência de um magistrado que, em cerca de 40 anos de ofício jurídico, já viu e experienciou uma miríade de situações”, declarou Og Fernandes.

Seu objetivo principal, diz, é aproximar os magistrados das demais pessoas. “Somos humanos, assim como qualquer outro cidadão. Por meio da exposição de alguns de meus pensamentos, espero que esse livro aproxime ainda mais o Judiciário e a população.”

Como exemplo, em uma das frases contidas no livro, o ministro reflete: “Juízes exercem poderes divinos: interditam, casam, prendem. São humanos? Sim. Têm ódio, medo, inveja. Iguais aos que são julgados.”

Pílulas jurídicas

O ministro Herman Benjamin, um dos presentes ao evento, elogiou o trabalho do colega. Ele comentou que a obra, ao contrário do que normalmente se vê no âmbito jurídico – conhecido pelo alto grau de rebuscamento e de extensão de seus textos –, traz pensamentos concisos e em linguagem simples.

“A linguagem jurídica, por conta da sua complexidade, acaba gerando confusão até mesmo entre os seus operadores. O ministro Og logrou, com o livro Cabeça de Juiz, trazer para um público amplo essas pílulas.”

Estiveram presentes ainda os ministros Maria Thereza de Assis Moura, Napoleão Nunes Maia Filho, Jorge Mussi, Luis Felipe Salomão, Mauro Campbell Marques, Benedito Gonçalves, Antonio Carlos Ferreira, Sebastião Reis Júnior, Assusete Magalhães, Sérgio Kukina, Rogerio Schietti Cruz, Gurgel de Faria, Reynaldo Soares da Fonseca, Ribeiro Dantas e Antonio Saldanha Palheiro, além dos ministros do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio e Gilmar Mendes.
Atendimento à imprensa: (61) 3319-8598 | imprensa@stj.jus.br
Informações processuais: (61) 3319-8410