Este site utiliza Javascript. Se você está vendo esta mensagem, é provável que a opção JavaScript no seu navegador esteja desativada. Para uma melhor visualização deste site, certifique-se de que o Javascript está habilitado para o seu browser.
Você está em: Início  >  Comunicação  >  Notícias  >  Notícias
Notícias
INSTITUCIONAL
2017-02-13 15:36:00.0 2017-02-13 15:36:00.0

Servidores da PGR visitam STJ para conhecer plataforma de triagem de processos

Um grupo de servidores da área administrativa e de informática da Procuradoria Geral da República (PGR) fez uma visita ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para conhecer a plataforma tecnológica desenvolvida pelo tribunal para a triagem de processos.

A ferramenta, que permite a identificação precoce de recursos manifestamente inadmissíveis, venceu a 13ª edição do Prêmio Innovare, em 2016, na categoria Tribunais. Em 2015, 99.504 processos deixaram de ser distribuídos aos gabinetes dos ministros em razão de vícios identificados pela plataforma, o que permitiu que o STJ alcançasse pela primeira vez a meta de redução do estoque de processos fixada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Saiba mais sobre a triagem de processos com automação de minutas desenvolvida pelo STJ.

A reunião com a equipe da PGR foi realizada na Secretaria Judiciária do STJ e contou com a participação do secretário de Tecnologia da Informação e Comunicação do tribunal, Rodrigo Almeida de Carvalho, e de assessores do Núcleo de Admissibilidade e Recursos Repetitivos (Narer).

Proveitosa

Os servidores da PGR conheceram procedimentos e rotinas de trabalho, para avaliar o que poderá ser aproveitado e reproduzido em sua instituição.

“A visita foi muito proveitosa. Isso é exatamente o que estamos buscando: gerenciar dados que já existem no nosso sistema para dar mais celeridade na análise de procedimentos”, disse a assessora de revisão da 5ª Câmara da PGR, Clarissa Castro.

O analista de tecnologia da informação Gleidson Fernandes disse que essa é a primeira de muitas visitas. “Combinamos ter novas reuniões, porque essa era para entender o que o tribunal tinha. Agora vamos fazer novos encontros, mais técnicos, para entrar nos detalhes de implementação”, afirmou.

O titular da Secretaria Judiciária, Rubens Rios, classificou a visita como muito positiva para o sistema judiciário brasileiro. Para ele, quando boas práticas são reproduzidas nas instituições, quem ganha é o jurisdicionado.

“Acho que esse entrosamento é muito importante, porque estamos todos em busca de um objetivo comum, que é uma distribuição de justiça célere ao público brasileiro”, declarou Rios.

Atendimento à imprensa: (61) 3319-8598 | imprensa@stj.jus.br
Informações processuais: (61) 3319-8410