Este site utiliza Javascript. Se você está vendo esta mensagem, é provável que a opção JavaScript no seu navegador esteja desativada. Para uma melhor visualização deste site, certifique-se de que o Javascript está habilitado para o seu browser.
Você está em: Início  >  Sob medida  >  Advogado  >  Processos  >  Peticionamento
Sessões do Dia
 

Peticionamento

O peticionamento eletrônico funciona 24 horas por dia, é mais ágil, seguro e dispensa a apresentação de documentos em papel.

Para peticionar eletronicamente é necessário certificação digital, configuração do computador e cadastro para uso dos serviços.

Atenção! Desde 1º/10/2013, algumas classes processuais são recebidas e processadas exclusivamente de forma eletrônica. Para saber quais são atualmente, acesse a Resolução STJ 10/2015.

Avisos
Você conhece o produto Jurisprudência em Teses?

A Secretaria de Jurisprudência oferece aos usuários o periódico Jurisprudência em Teses, que apresenta um conjunto de teses sobre matérias selecionadas a partir de sua relevância para a comunidade jurídica. Abaixo de cada tese estão relacionados os precedentes mais recentes do Tribunal sobre a questão, selecionados até a data especificada. Para acessar o produto clique aqui.

Certidão eleitoral agora é automática

A emissão de certidões eleitorais, exigida pela Lei da Ficha Limpa, é um dos requisitos para o registro de candidaturas. A partir de agora, o STJ disponibiliza uma ferramenta para a emissão automática das certidões diretamente pelo site do tribunal. A novidade está disciplinada na Instrução Normativa 8, de 20 junho de 2018. Confira.

Campo Processo no Espelho do Acórdão

No Espelho do Acórdão (documento-padrão obtido na página da Pesquisa de Jurisprudência), o campo Processo indica a classe processual, o número do processo, o estado de origem e o número do registro no STJ; tais dados são criados no momento da autuação do processo no STJ e alimentados automaticamente ao ser criado o documento.

GRU Cobrança: Recurso em Mandado de Segurança
Ao preencher a Guia de Recolhimento da União (GRU) para custas de recurso ordinário em mandado de segurança, o advogado deve escolher a classe Recurso em Mandado de Segurança (RMS), e não Recurso Ordinário (RO). Ainda que seja de fato um recurso ordinário, conforme prevê o art. 105, II, da Constituição Federal, a classe processual utilizada no STJ é RMS, conforme dispões o art. 67, XXVI do Regimento Interno.
Agendamento não prova recolhimento de custas
O STJ publicou a Resolução STJ/GP 6, para esclarecer que o recibo de agendamento bancário não é aceito como comprovante de recolhimento de custas judiciais e de porte de remessa e retorno de autos. A prova do recolhimento precisa ser inequívoca. Quanto aos valores, que foram atualizados em janeiro último, nada mudou. Confira.