Aguarde ...
STJ sedia seminário internacional sobre cooperação penal entre países de língua portuguesa
05/02/2020 11:00
05/02/2020 11:00
04/02/2020 20:30

...

Para debater os sistemas de cooperação jurídica internacional, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) vai sediar nos dias 19 e 20 de março um seminário com a participação de autoridades do Poder Judiciário de países de língua portuguesa.

A abertura do evento será feita pelo presidente do STJ, ministro João Otávio de Noronha. Com o objetivo de estabelecer um fórum permanente de juízes dos países de língua portuguesa na área penal, o evento é promovido pelo STJ em parceria com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em colaboração com o Projeto de Apoio à Consolidação do Estado de Direito (Paced) – projeto de cooperação delegada financiado pela União Europeia e pelo Instituto Camões.

Pain​éis

No primeiro dia de seminário acontecerão quatro painéis: "Enquadramento jurídico internacional das relações de cooperação penal internacional", "A criminalidade complexa e transfronteiriça", "Os atores judiciários no sistema de cooperação internacional" e "Os sistemas de cooperação jurídica internacional".

Os debates contarão com a participação de juristas estrangeiros e brasileiros, ministros do STJ e do Supremo Tribunal Federal (STF).

Worksh​​​op

O segundo dia do seminário terá atividades abertas ao público apenas pela manhã – uma palestra e um painel. À tarde, na sala de videoconferências do STJ, haverá um workshop sobre a cooperação judiciária internacional em matéria penal, com representantes de Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

No encerramento do seminário, serão apresentados os compromissos firmados em torno do estabelecimento de fóruns ou redes de cooperação judiciária internacional.​